Polícia Federal faz ação de reintegração de posse no Fundão

Fonte: O Dia | Foto: Maíra Coelho / Agência O Dia

 Agentes da Polícia Federal realizam na manhã desta quarta-feira uma operação de reintegração de posse na Ilha do Fundão, Zona Norte do Rio. O terreno, que tem oito casas, era ocupado por uma comunidade de pescadores que permaneceu no local mesmo após o aterramento para a construção da Cidade Universitária no local. Eles moravam em uma área conhecida como “Praia do Mangue”, próximo à Reitoria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Os moradores afirmam ter recebido do Governo Federal a promessa de uma nova casa com a execução do mandado de reintegração de posse, mas que o acordo não foi cumprido. A ação transcorre pacificamente. Eles também defenderam suas origens: é o caso da moradora Valeria Cristina Nery da Silva, 50, que contou que é nascida e criada no local. Ela, no entanto, não conseguiu dar entrevista por conta da pressa para organizar seus pertences e esvaziar a casa onde morava.

Reintegração de posse no terreno ao lado do prédio da Reitoria da UFRJ – Maíra Coelho / Agência O Dia

No campus, há caminhões recolhendo os móveis e objetos dos moradores que, desolados, afirmam não ter para onde ir. Procurado, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) que, segundo os moradores, notificou-os da reintegração em março deste ano, disse apenas que “O Fundão é um terreno de posse federal”.

DEIXE UMA RESPOSTA